domingo, 9 de Novembro de 2014

Balmoral Beach

Já passou quase 1 mês desde que voltámos do Hawaii, e que bem que se tem estado em Sydney...

Neste mês temos feito muita praia... parece que o Verão chegou, e veio cheio de sol e boas temperaturas. Temos tido algum trabalho mas ninguém está sob-stress. Celebrámos o halloween com amigas (é mais uma desculpa para nos juntarmos todas, comer bolo e beber chá, enquanto os miúdos deitam abaixo a casa - não a nossa claro). Começamos aulas de natação num sitio novo... este junto à praia, em vez de ter de ir até à cidade. O Duarte começou algumas aulas de ténis. O Tomás começou a dormir noites inteiras, e a comer sozinho... fez esta semana 10 meses! E voltámos a explorar novos sítios.... desta vez mais dentro da cidade!

Este fim-de-semana decidimos ir explorar a zona de Balmoral. Vivemos em Sydney há 5 anos e meio e por mais incrível que pareça ainda não tínhamos ido visitar estes bairros que estão mesmo do outro lado da ponte...
Este sábado previa-se muito vento o dia todo, o que significa que as praias abertas de oceano iam estar bastante ventosas, assim sendo, foi a desculpa perfeita para irmos explorar esta nova zona.

Acordámos, o Pedro fez as tradicionais (e fantásticas) panquecas com fruta, preparámos almoço e saímos porta fora. 
Quando chegámos a Balmoral estava um ventão inacreditável e as nossas esperanças de passar o dia na praia caíram por terra... até que o velejados, meu maridão e pai dos meus filhos, com soeu ar muito assertivo nos disse de imediato "vento Norte, vamos para a ponta esquerda'.... e lá atravessámos a praia até há ponta, onde as fotografias falam por si só.... um paraíso protegido, de água limpa, transparente, fantástico para nadar e os miúdos brincarem... 

Amigos juntaram-se... e ao fim da tarde já éramos 14! Munidos de uvas, melancia, pêras, maçãs e sandwishes, passamos o dia todo deste lado da ponte, acompanhámos de grandes e bons amigos, onde apanhámos caracóis e conchas, brincámos com mini-carangueijos, e chapinhámos em piscinas naturais formadas ao fim da tarde.

Fica aqui um agradecimento especial à protecção solar Banana Boat 50+ water resistente, se não fosse ela não passávamos tão bons dias ao sol :)


segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

Surpresa no Hawaii

Há cerca de 4 meses que estamos a organizar a festa surpresa dos 70 anos do meu pai. Entre muito muito muuuuito trabalho, uma mudança de casa, e 1 mês de chuva torrencial, conseguimos organizar uma viagem para toda a família se encontrar no Hawaii, na ilha de Maui, para passarmos uma semana juntos.

O meu pai parece ter adorado, e ficou mesmo supresso ao ver-nos a todos ali. Conseguimos o que queríamos, que fosse uma verdadeira surpresa!

Nós os 4 fomos 1 dia antes de todos os outros para o Hawaii, e ficámos portanto em Waikiki uma noite. É um espaço limpo, organizado, cheio de lojas e restaurantes, carregado de hotéis por toda a parte. Não adorámos e acho que 1 dia chegou para o que queríamos. Descansar. Não pretendemos lá voltar. No entanto jantámos num restaurante Japonês incrível (nós éramos os únicos não-japoneses a jantar, e estava cheio!). Descobri-mo-lo ao acaso quando entrámos numa Quicksilver e perguntámos se sabiam de algum restaurante bom ali há volta. O restaurante chama-se Tonkatsu Ginza Bairin e só existe em Tokio, e ali em Waikiki. É Modern Japonese Cuisine e não podíamos ter gostado mais.

No dia seguinte seguimos para Maui, a menos de 45mins de avião. Ficámos numas villas na zona de Kapalua. Uma zona calcinha, com muito verde, e sem noteis em altura (o oposto de Wailea, que é ideal para quem quer ficar em piscinas de hotel a beber cocktails). Tínhamos uma praia privada' paradisíaca a poucos metros da nossa vila, campo de Golf, trekings, mini-mercado e alguns restaurantes na entrada do resort. 

Com os miúdos atrás não conseguimos fazer tudo o que queríamos, mas conseguimos fazer bastante.
Uns fizeram Zipline no topo das arvores, outros mergulho na Molokini crater. 
Uns jogaram golf, e outros fizeram trekkings. 
Uns Snorkeling, outros passearam até Hana para ver as piscinas naturais.
Enquanto uns faziam compras em Lahaina, outros ficavam a ler na varanda, ou saltaram de rochas.
Mais importante que tudo, ao pequeno-almoço, almoço, praia e jantar la estávamos todos juntos, em família.

Maui é uma ilha óptima para se fazer muitos programas diferentes, e o único grande 'regret' que temos é não ter conseguido surfar. No ultimo dia descobrimos um paraíso do surf a menos de 5 minutos da nossa vila. Chama-se Honolua Bai e estava cheia de 4X4s com surfistas no telhado a beber cervejas e ver o por do sol, enquanto outros surravam uma onda de sonho lá em baixo. Não descobrimos muito bem como se descia e voltava a subir a falésia, mas com os bebes connosco também não nos esforçámos muito para isso. Ficou a memória e o pôr-do-sol na nossa cabeça, assim como a imagem da tartaruga a nadar na baia.
A semana passou a correr, e claramente os americanos precisam de começar a pôr menos porcaria em todos os produtos que vendem no supermercado, mas Maui é lindo, e adorava ter passado lá mais uma semana para conseguir fazer tudo o que queria.
Muitos parabéns ao Sebastião, pai e mãe que fizeram anos nesta altura, foi uma sorte ter podido passar as datas com todos!

segunda-feira, 29 de Setembro de 2014

É assim

Depois de 5 semanas de chuva torrencial, seguidas, em Agosto, e de algumas semanas de algum Sol já em Setembro, parece que chegou o Verão.
Hoje antes de me por a trabalhar, foi com isto (e com alguns gritos do 'mái novo' ainda de madrugada) que comecei o meu dia. Com um passeio e mergulho logo às 9am.
(photo by Aquabumps)

Tenham uma boa semana! X