quinta-feira, 4 de Setembro de 2014

Gluten Free Chocolate Almond Pound Cake


Este fim-de-semana fiz este bolo. Um bolo diferente do que estamos habituados a fazer, e foi com muitas reservas que me atirei a ele, com medo de estar a 'deitar comida ao lixo'. Quando acabei de o fazer e experimentei a 'massa' fiquei muuuuito desiludida... não sabia mesmo nada bem! Alias... tudo me sabia a azeite, o que para uma sobremesa não apetece muito. Depois foi ao forno... e o que saiu de lá.... yummmmmm deixou-nos todos a babar!

INGREDIENTES
  • 1/2 cup organic unsalted butter
  • 1/2 cup olive oil
  • 5 eggs, preferably organic and free-range
  • 2 cups ground almond flour
  • 3/4 cup organic cane sugar or sucanat (eu substitui por Penela - Evapurated cane juice)
  • 1/4 cup pure maple syrup
  • 2 teaspoons baking powder
  • 1/2 cup organic cocoa powder
  1. Preheat oven to 165ºC.
  2. Melt the butter in a pan over low heat. Transfer to a small bowl and mix in the olive oil. Use a little of this to grease your baking pan(s).
  3. Whisk eggs together with the sugar. Add the maple syrup and whisk again.
  4. In another bowl, sift together the flour, baking powder, and cacao powder. Add to the eggs/sugar/maple syrup and combine well with a wooden spoon. Add the melted butter/oil and mix well again.
  5. Pour the batter into the prepared pan and bake in the preheated oven for 40-50 minutes (eu deixei por 35minutos, e ficou mais molhado como gosto), or until a cake tester inserted in the center comes out clean/dry.
Acabámos por lhe acrescentar um bocadinho de natas por cima, e dezenas de morangos frescos! É um bolo rico e denso, e muito YUMMY. A repetir muito muito em breve!


domingo, 24 de Agosto de 2014

Coogee Pavilion


Hoje fomos a um sitio novo. A um sitio renovado e especial. Fomos ao Coogee Pavilion.

Este espaço que já foi um hotel foi todo renovado e é agora um restaurante cheio de pinta, e pensado em toda a gente. Sejam eles casais, grupo grandes de amigos ou famílias, o espaço está desenhado para responder às necessidades de todos. 

"Coogee Pavilion celebrates the good things in life – friendship, family, fun and food – all with an ocean view. With a variety of different spaces spread over three spectacular levels, Coogee Pavilion has a place to call your own."

Com estilo moderno-industrial, o edificio está mesmo à frente da praia, onde se pode ficar a ver o mar sentado na esplanada.

Quando entramos já estava bastante cheio, apesar de ser ENORME, mas para todos os lados que olhava via espaços arranjados, limpos, cheios de cor e plantas. Poderia lá ir 10 vezes e encontrar sempre qualquer coisa que ainda não teria reparado...
Como estávamos com os babies fomos para o espaço mais designado a famílias... cheio de jogos como um giant jenga, um giant scrabble, um giant '4 em linha' entre muitos muitos outros; com sofás super confortáveis; com mesas de ping pong, e ainda uma area com relva artificial para os bebes gatinharem.
 Infelizmente não ficámos para almoçar, mas ainda ficámos de água na boca a ver as pizzas a entrarem no forno a lenha, no meio da sala!
 Ficámo-nos pelo café e pela boa companhia.

Ficamos cheios de vontade de voltar.
Quem poder que dê lá um salto, de preferencia durante a semana que deve estar bastante mais vazio, e assim não ter de esperar uns 30minutos pelo café...

All pics sourced from the internet


sábado, 23 de Agosto de 2014

what do I do all day??

Muitas vezes familia e amigos telefonam e lá vem a pergunta de sempre: Então, já estás a trabalhar??? Para depois ficarem num silencio mudo que apenas transmite desaprovação.

Eu vou explicar o que se passa na nossa vida. Na minha vida.

Nós acordamos por volta das 6.30am. Depois de nos levantarmos 2 vezes a meia da noite para alimentar a criança. O Pedro sai para o ginásio, e eu entre tentar adormecer mais um bocado ou entreter os já acordados, fico de pijama até ás 7.30am. A essa hora o Pedro chega e vestimo-nos todos (tarefa que demora 30 minutos no mínimo). Tomamos o pequeno almoço. O Pedro vai para o trabalho. Eu faço almoço para os miúdos e lavo tudo logo de seguida. Antes de sairmos de casa vejo e respondo a emails de trabalho, assim como tento angariar mais trabalho (mas que trabalho?!??! esperem lá que já lá vou). Saiu de casa, arrasto miúdos escadas abaixo. Às vezes de bom humor, às vezes de humor de cão, e de repente são 10 da manhã. Vamos para o parque/praia/passear se estiver sol. Ali ficamos até às 12pm onde lhes dou o almoço que preparei de manhã. Se estiver a chover aproveitamos para ir às compras da semana e despachar logo isso. Eu e eles. Tão bom e fácil quando estão bonzinhos. Tanta dor de cabeça quando estão mauzinhos. Voltamos para casa onde mudo fraldas/levo ao potty, arranjo biberões e deito-os para a sesta. Volto para a cozinha para preparar almoço para mim e para o Pedro que vem todos os dias almoçar. Ele chega e almoçamos. Ele sai e depois de lavar a cozinha toda, começo a trabalhar ao computador. Tenho feito muitos trabalhos de freelance, ao mesmo tempo que tento arranjar 5 minutos para enviar CVs para empresas maiores. Sim tenho feito bom dinheiro com freelance nos últimos 3 meses (quando comecei). Mas gostava de arranjar trabalho numa empresa local para ganhar ainda mais experiência, para não ter de estar sempre há procura de clientes, e para poder ter algum tempo para mim. Longe de crianças,  estendais e esfregonas por umas horas. O primeiro acorda. O segundo acorda logo a seguir. Dou lanches e saímos de casa. Lá vamos nós para a rua, passear, ao parque ou à praia. Se o dia continuar mau, pegamos em galochas e guarda chuvas e vamos para o campo de golf que temos à porta de casa saltar nas poças (esta semana tivemos 2 tardes assim). Por volta das 5.30 voltamos para casa. Enquanto preparo jantar o Pedro chega. Brinca com eles, ou dá-lhes banho, ou faz o jantar. Revezamos estas 3 tarefas. Jantamos todos às 6.30/7h (!!!). Deitamos um. E por voltas das 8 e pouco deitamos o outro. Depois limpamos a casa e a cozinha, e volto para o computador para trabalhar cerca de mais 2 horas. Depois é a nossa vez de tomar banho e ir para a cama.

Um vai 2 vezes por semana à escola. O outro vai só 1 dia. Aqui paga-se ao dia, e à tantas crianças que raramente se conseguem varias vagas. De qualquer das maneiras são $140 ao dia e eles nunca iriam todos os dias. 
Nos dias que só tenho 1, ou nenhum, vou beber café com o Pedro perto do escritório dele (a 2kms aqui de casa) e depois trato de burocracias, algumas compras, e tenho reuniões com clientes. Reuniões, apresentações de projectos, etc. Ou então trabalho. Faço Renovações, Design de LOGOs e Websites, Community Development Strategies etc.

Atenção que eu não me estou a queixar. Estou apenas a relatar o que são a maior parte dos meus dias. Estes dias que parecem tão complicados no papel, na verdade correm lindamente. É a nossa realidade. Diferente da que tínhamos em Portugal, mas não a consideramos pior. Apenas diferente. E o que estou a dizer com isto queridos amigos e família, è que não só tenho trabalho, como tenho 4 trabalhos.

  • Sou empregada doméstica 2 horas por dia.
  • Cozinheira 3 vezes por dia.
  • Mãe/babysitter. Tenho o privilégio de ver os meus filhos crescer todos os dias. De estar lá quando gatinham pela primeira vez, quando dão o primeiro passo, ou quando estão tristes. Tenho a sorte de viver numa cidade incrível que tem maioritariamente bom tempo, onde estou a 2 passos de um parque, a 10 minutos a pé de uma praia, e onde tenho a  baia para eles andarem de trotinete durante horas. De ter amigas Australianas com filhos com quem me encontro quase todos os dias. De poder levar os meus filhos no verão quase todos os dias à praia. Tenho o privilegio de poder comprar comida saudável e cozinhá-la para os meus filhos, que adoram e até me pedem a meio do dia 'can I have um copo sopa boa mummy?'. Tenho por fim a sorte de fazer parte da vida dos meus filhos e de ter um marido que ajuda em tudo o que pode. Um real Hands On father.
  • E sou Arquitecta e Designer cerca de 4 horas por dia. Ás vezes mais. Por vezes menos.


Estejam descansados que gostamos muito da nossa vida....  vida onde fazemos tudo em família, e onde somos super mimados pelos amigos que adoram ajudar com os miúdos ao fim-de-semana, e até fazer babysitting para nos darem umas 'date-nights'. E de momento.... somos muito felizes!


Sending Love and Strenght

Meu querido Diogo,
Estamos a pensar em ti, a torcer por ti, e a enviar milhões de boas energias cheias de força and  Love.
beijo enorme e abraço apertado da tua 'familia Australiana'. Pedro & Mariana


quinta-feira, 17 de Julho de 2014

Australian Movies


Os nossos amigos Australianos têm um humor um bocado peculiar. Aliás, quase todos os Australianos o têm. Quando nos vemos ficam horas a falar das jokes que aparecem nos 'clássicos' deles. Já nos convidaram para fazer noite de home cinema e ver o famoso The Castle,ao qual não percebemos metade do que se passava. A verdade é que foi em 2009 e passados estes 5 anos acho que já íamos perceber muitas das graças. Sendo assim, deixo-vos uma lista dos Top Australian Movies, para que possam ter uma ideia das pessoas que se encontram quando vamos acampar lol e também para servir de guia a proxima vez que nós quisermos ver um filme. 
  1. Mad Max (the series)
  2. Gallipoli (1981)
  3. Strictly Ballroom (1992)
  4. The Adventures of Priscilla, Queen of the Desert (1994)
  5. Muriel’s Wedding (1994)
  6. The Castle (1997)
  7. Chopper (2000)
  8. The Dish (2000)
  9. Rabbit-Proof Fence (2002)
  10. Wolf Creek (2005)
Este ano quero ver pelo menos metade destes filmes! Ou será que conseguimos mesmo vê-los todos antes de termos cidadania??


segunda-feira, 7 de Julho de 2014

Love is Black & White


sexta-feira, 4 de Julho de 2014

Férias Lusitânias

Fomos ali e já voltámos. Mini-férias em Portugal, com amigos e família à volta. Férias que sabem bem, mas a pouco. Manhãs de passeios e praia, tardes de piscina e lanches. Sol e calor. Adorámos tudo (excepto a viagem em si, que apesar dos miúdos serem 5 estrelas, conseguiu correr pessimamente, a perdermos voos, a sermos mal tratados por staff, ...). 
Obrigada a todos os que conseguiram nos vir ver nestes poucos dias. 
Obrigada ao meu irmão e cunhada que vieram de Madrid para nos ver.
Ao meu irmão mais novo e Madalena por terem estado tantas vezes connosco.
Ao meu irmão Francisco, cunhada e sobrinhos que me fazem sempre rir.
À Maria que nos ajudou a ter umas férias super descansadas, e tantos mimos deu aos nossos filhos.
Ao Tiger que fez tanta companhia ao Duarte.
Ás primas loucas e aos cunhadinhos que fizeram das férias as melhores do Duarte, e a estas também pela paciência que tiveram com ele que fica sempre um bocado fora de si nestes dias.
Aos meus cunhados Mariana e Frederico pelos mil jantares lá em casa, sempre OPTIMOS.
Ao Padre Ricardo que Baptizou o Tomás.
Aos nossos padrinhos e madrinhas que conseguiram estar connosco mais vezes do que alguma vez esperámos.
À Catarina pelo PRESENTÃO.
E um especial aos meus pais e sogros, que são sempre os melhores do mundo, em todos os sentidos. só passaram 15 dias e já morremos de saudades.

Para o ano tentamos mais tempo. Por agora... ficam imagens que valem mais que 1000 palavras.